Nesta nova edição, o estudo mapeou as principais iniciativas adotadas onde houve grandes avanços que podem servir de inspiração para outros estados. 

.

Os maiores ganhos ocorreram em Rondônia que, na década, avançou 12 posições no ranking geral - e em 7 das 10 áreas cobertas pelo estudo, com destaque para o IDEB do fundamental II, com ganho de 13 posições. O Ceará foi o que mais avançou no Fundamental I, de 16º para 6º. E Goiás passou da 13ª para a 2ª colocação nacional no IDEB do Ensino Médio, na década. Alagoas reduziu a taxa de mortalidade infantil, avançando 7 posições no ranking do indicador. Na Segurança, o Espírito Santo passou de 27º para 9º colocado. O Distrito Federal avançou no número de posições na taxa óbitos no trânsito na década (17ª para 5ª posição).

Mapa interativo_Prancheta 1.png
Mapa_interativo_Prancheta_1_cópia_3.png
Mapa_interativo_Prancheta_1_cópia.png
Mapa interativo-06.png
Mapa_interativo_Prancheta_1_cópia_4.png
Mapa_interativo_Prancheta_1_cópia_2.png
Mapa interativo-07.png

Quais foram os aprendizados?

       Elaboração de diagnóstico preciso do problema

       Territorialização das ações e foco em públicos prioritários

       Melhoria e compartilhamento dos dados

       Maior articulação com os municípios

       Integração das ações com demais áreas de governo

       Utilização de modelos de gestão e monitoramento com foco em resultados e uso intensivo de dados

       Continuidade de politicas bem sucedidas

       Envolvimento de lideranças estaduais

Navegue pelo capítulo dos casos de destaque